Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Notícias > Ipen na Mídia

Ipen na Mídia

     
  • Ipen realiza workshop para debater resultados de pesquisa em corrosão

  • Amazul busca convênio para atuar na extensão de vida de Angra 1 e prevê projeto detalhado do RMB até o fim do ano

  • São Paulo School of Advanced Science on Modern Topics in Biophotonics

  • É possível fazer tecnologia no Brasil - Registro Histórico

    No início da década de 1970, quando fazia pós-doutorado nos EUA, conheci outros dois brasileiros que seriam, mais tarde, protagonistas do início de um projeto ímpar: o já renomado professor Sérgio Porto, na ocasião docente da Universidade do Sul da Califórnia, e o oficial da Aeronáutica, José Albano Amarante. Nas conversas, o professor Porto, especialista na área de utilização de lasers, falava dos seus trabalhos sobre seu uso para separação isotópica, da possibilidade de desenvolver essa tecnologia no Brasil. O que acabou efetivamente acontecendo com o nosso retorno para o Brasil em circunstâncias exatamente similares.

  • Como tudo começou - Registro Histórico

    O primeiro acordo nuclear do Brasil, assinado em 1945 com os EUA previa que o Brasil forneceria minérios radioativos e, em troca, esperava receber reatores nucleares. Mas isso não aconteceu. "A matéria-prima foi para os Estados Unidos, mas as centrífugas não chegavam ao Brasil. Em função dessa circunstância, as autoridades brasileiras perceberam que as intenções estadunidenses na área nuclear não se sintonizavam com as aspirações brasileiras", afirma a historiadora Fernanda das Graças Correa, em seu livro "O Projeto do Submarino Nuclear Brasileiro" (Capax Dei Editora, 2010, Rio de Janeiro).

  • Reator IPEN/MB-01 comemora 30 anos

    No começo dos anos 80, mais de 100 pessoas - entre doutores, pesquisadores, técnicos e bolsistas - estavam alocadas no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), participando do projeto do submarino nuclear da Marinha.

  • Técnica permite ganho de escala na produção de materiais com grafeno - Agência Fapesp

    Trabalho foi apresentado no Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência de Materiais. Pesquisadores apresentaram ainda resultados sobre corrosão de metais e sensores para gases tóxicos, entre outros

  • O CNPq lança a sétima edição do projeto Pioneiras da Ciência

    Linda Caldas, do IPEN, entre as pioneiras da Ciência no Brasil, pelo CNPQ

  • Inovação e a nova paisagem urbana de São Paulo - Agência Fapesp

    Empresários, pesquisadores e investidores de todo o país conhecem o ecossistema paulistano de inovação. Percurso foi organizado pela CNI com apoio da FAPESP

  • DPD entrega à DRS Relatório Preliminar de Análise de Segurança (RPAS) do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB)

  • CTMSP participa da celebração dos 30 anos de operação do Reator Nuclear IPEN/MB-01

  • Sociedade médica prepara documento para equipe de transição do Governo Federal

  • CNEN participa de wokshop sobre o futuro do fornecimento de radiofármacos no Brasil

  • Exemplo a ser seguido - Editorial Estado de S. Paulo

    No ensino e na tecnologia, País precisa de gestão técnica e eficiente, não de diretrizes morais ou religiosas

  • Cerimônia e premiação da ABDAN no Rio refletiu momentos de otimismo do setor nuclear para o próximo ano

  • Unidade móvel do IPEN levará inovação a empresas( Jornal da USP no Ar - Momento USP Inovação - Rádio USP)

    Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares tem o objetivo de aplicar tecnologia nuclear para fins pacíficos

  • Oportunidades na área de segurança nuclear serão debatidas em workshop no IPEN

  • Usuários na BESSY II: NAFION, a talentosa membrana para células a combustível e impressão 4D (HZB Blog Science)

    Materiais de ionômero termoplásticos como Nafion têm muitos talentos: podem ser usados ​​como membranas para troca de prótons em células de combustível, mas também atraíram a atenção como materiais de memória de forma: através de estímulos externos como calor ou um campo elétrico, é possível desencadeie uma mudança nas formas. Aplicações em têxteis, biomedicina, aeroespacial, sensores e revestimentos são possíveis.

  • CEO da New Midia palestra sobre o impacto da Internet das Coisas na educação

    Sandra Janostiac, da startup do Cietec, ministra palestra no Campus Google São Paulo e apresenta suas tecnologias para o setor educacional

  • Comitiva de especialistas da Argentina conhecem as atividades do Setor Nuclear da Marinha

| 01 | 02 | 03 | 04 | 05 | 06 | 07 | 08 | 09 | 10 | 11 | 12 |
| 13 | 14 |

Primeira página | Total de 274 registros. | Última página