Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Galeria de Imagens

IPEN participa da Semana da Ciência Nuclear

Durante a Semana da Ciência Nuclear, promovida pela Seção Latino Americana a Sociedade Nuclear Americana (LAS-ANS) e a Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN), o IPEN participou com duas atividades, nos dias 19 e 20 de agosto

O foco principal da Semana da Ciência Nuclear foi esclarecer dúvidas sobre energia nuclear e sua importância para a sociedade. Entre as atividades programadas houve visitas técnicas, palestras e oficinas em sala que contaram com a participação de professores do Ensino Fundamental e Médio e alunos de Licenciatura.

O IPEN recebeu a visita de jornalistas no dia 19 de agosto que se uniram a um grupo formado por alunos de Física Médica da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e funcionários da Amazul. A visita se iniciou com um breve passeio no Espaço Cultural Marcello Damy, onde representantes da direção do instituto, Isolda Costa, da Coordenadoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Ensino, COPDE e Antonio Teixeira e Silva, da Coordenadoria de Segurança, COSEG, recepcionaram os visitantes e apresentaram pontos significativos da história da Instituição.

Em seguida, no Centro do Reator de Pesquisas (CERPQ), a comitiva foi recebida por pesquisadores do setor que explicaram sobre o funcionamento, operação, aplicações e segurança do Reator Nuclear de Pesquisa IEA-R1. No CERPQ, conheceram o Espaço Memória do Reator, a Sala de Controle e Saguão da Piscina onde foi possível observar o efeito Cherenkov, emitido pelo núcleo do reator.

A energia nuclear é considerada um tema "tabu” entre diversas pessoas e o instituto busca contribuir para o esclarecimento do tema com o apoio de seus profissionais há anos. Ações como um programa consistente de visitas técnicas auxiliam a desmistificar a área nuclear. "Quando se fala de energia nuclear vai justamente para os pontos ruins”, relatou Maurício Gogoy, jornalista do Canal Energia.

Workshop para professores sobre irradiação de alimentos

No dia 20 de agosto, o Centro de Tecnologia das Radiações (CETER), sediou o evento "Irradiação de Alimentos, Tendências e Perspectivas: o grande desafio do Brasil no combate do desperdício e da segurança alimentar", coordenado pelas pesquisadoras Anna Lucia Villavicencio, Denise Levy e Margarida M. Hamada. O objetivo do acontecimento foi proporcionar aos professores do Ensino Fundamental e Médio e alunos de Licenciatura explicações sobre as aplicações da energia nuclear na área da alimentação. O evento contou com cerca de 40 participantes.

"O tema é de interesse. Curso Radiologia e nossa turma procura temas e eventos para ampliar nossa visão sobre o tema.”, diz Andressa Martins, aluna de Iniciação Cientifica no Serviço de Metrologia da Radiações (SEGMR).

Irradiação de alimentos é um tema que causa ainda muita curiosidade entre os consumidores e para os que não possuem nenhum conhecimento. A irradiação de alimentos, que é um processo físico de tratamento que consiste em submeter os produtos embalados ou a granel, uma dose controlada de radiação ionizante, por um tempo predeterminado, com o intuito de melhorar a qualidade sanitária e aumentar a validade comercial dos alimentos.

"A iniciativa para o evento partiu de uma necessidade que temos notado ultimamente: a necessidade de oferecer informações com credibilidade para professores do Ensino Fundamental”, relatou Dra. Anna Lucia Villavicencio, do CETER.

"Sem a informação continua-se perpetuando o erro, a ignorância, a má comunicação, os preconceitos pessoais e os medos infundados. Não precisamos de apologia, mas precisamos de conhecimento para decidir quais referências vão nos orientar às decisões finais”, concluiu Dra. Denise Levy.

Apoio – Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN), Generation Atomic, Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN), Win Brasil – Mulheres do Setor Nuclear, Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares (SBBN), Sociedade Brasileira de Proteção Radiológica (SBPR), YGN Brasil – Young generation networking, Amazul, Nucleotiza – Nuclear Conscientiza, Museu Ciências Nucleares, XXVI Congresso Brasileiro de Física Médica – 2019, Associação Brasileira de Física Médica (ABFM), Instituto de Radiologia (InRad) e o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC).

Rafaelle Pereira, estagiária,
com supervisão da Comunicação Institucional

Galeria de Imagens