Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Notícias > Clipping de Notícias

Governo confirma demissão de Pansera. Emília Ribeiro assume MCTI

A ministra interina é secretária executiva do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, se especializou em legislação e tem 30 anos de serviço público

Fonte: Jornal da Ciência

Confirmando as expectativas, Celso Pansera, deputado do PMDB do Rio de Janeiro, não voltará ao comando do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), após votar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, no domingo, 17. Na noite de quarta-feira, 20, a Secretaria de Imprensa da Presidência da República divulgou notaconfirmando a saída de Pansera e de outros dois ministros do governo.

Dessa forma, Celso Pansera reassumirá seu mandato na Câmara dos Deputados. A pasta de CT&I é comandada, por enquanto, pela secretária executiva, Emília Ribeiro, que já respondia interinamente pelo órgão, desde que Pansera foi exonerado para votação no processo de impeachment.

O ex-ministro atendeu à direção nacional do PMDB. Ele avisou a assessores e amigos mais próximos que, caso retornasse à pasta, estaria contrariando orientação do PMDB. Ao votar contra o impeachment, o deputado honrou seu compromisso com o governo, mas não pretende deixar o partido.

Na mesma nota divulgada na quarta-feira, a presidente Dilma Rousseff anunciou ainda a saída dos ministros Eduardo Braga, da pasta de Minas e Energia; e Helder Barbalho, da Secretaria de Portos da Presidência da República.

Assumirá o lugar de Eduardo Braga, como ministro interino, Marco Antônio Martins Almeida, atualmente secretário de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis. Já na Secretaria de Portos, quem assume é Maurício Muniz, atual secretário do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), conforme a nota do Palácio do Planalto.

Perfil de Emília Ribeiro

Bacharel em direito, Ribeiro é servidora de carreira do órgão. Possui 30 anos de experiência no serviço público federal, além de amplo conhecimento em legislação do setor público e gestão pública.

Antes de trabalhar no MCTI, dedicou-se à regulação de serviços e mercados de telecomunicações e radiodifusão por um período de oito anos. Na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), foi vice-presidente do Conselho Consultivo, 2005 a 2008. No período de 2008 a 2012, foi diretora conselheira da agência reguladora.

De acordo com informações do MCTI, Emília participou diretamente da organização e regulamentação da legislação educacional brasileira e da gestão orçamentária de recursos destinados aos programas estratégicos nacionais.

Eventos