Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Notícias > Clipping de Notícias

AIEA treinará especialistas para uso de técnicas nucleares na detecção do zika

Treinamento da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) incluirá mais de 36 participantes de 26 países e ocorrerá nos laboratórios da agência da ONU em Seibersdorf, Áustria.

Fonte: ONU BR

A agência de energia atômica das Nações Unidas planeja treinar dezenas de participantes este mês, principalmente da América Latina e do Caribe, para utilizar técnicas derivadas da energia nuclear com o objetivo de detectar o vírus zika em três horas.

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) disse que "a detecção precoce, rápida e acurada” é crucial para administrar os surtos de zika, que têm sido associados à microcefalia em bebês e a desordens neurológicas em adultos.

"O treinamento inclui simulações práticas e epidemiológicas, e ajudará a preparar laboratórios nacionais para rapidamente diferenciar o zika de outros vírus similares, como dengue e chikungunya”, disse o vice-diretor-geral da AIEA para Ciências Nucleares e Aplicações, Aldo Malavasi.

O treinamento, que incluirá mais de 36 participantes de 26 países, ocorrerá nos laboratórios da AIEA em Seibersdorf, Áustria. Os participantes vêm de laboratórios afiliados a autoridades de saúde nacionais, e a expectativa é que compartilhem o conhecimento que adquirirem em seus países de origem.

Eles aprenderão a usar a técnica de reação em cadeia da polimerase da transcrição reversa e a  aplicar os procedimentos recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos para a detecção do zika.

 

Eventos