Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Notícias > Em Foco

Quatro alunos do IPEN são destaques em congresso internacional

Três Menções Honrosas (melhores pôsteres) e a "Melhor Apresentação Oral" foram os prêmios recebidos por alunos que desenvolvem pesquisas no CQMA, sob a orientação de Ademar Lugão

A bióloga Adriana Kuchinski Cavalcante, mestre em Ciências na Área de Tecnologia Nuclear - Materiais (IPEN/USP), foi considerada a "Melhor Apresentação Oral" na 5ª edição do "Workshop de Biomateriais, Engenharia de Tecidos e Órgãos Artificiais - 5OBI", realizado no período de 20 a 24 de agosto, em Maresias, São Paulo. Ela apresentou o trabalho "Ecotoxicology as a tool in Nanotechnology".

Bolsista CNPq na modalidade de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial (DTI-C), no Centro de Química e Meio Ambiente (CQMA), Adriana atualmente está desenvolvendo o "Estudo in vivo da toxicidade aguda das nanopartículas em embriões de Zebrafish”, enquanto aguarda confirmação de bolsa para cursar doutorado em Tecnologia Nuclear (IPEN/USP), sob a orientação de Ademar Benévolo Lugão – seu plano de trabalho já está aprovado.

"Esse prêmio representou reconhecimento ao meu trabalho, a minha dedicação ao que faço. Foi surpreendente, pois não esperava ganhar. Foi muito emocionante, fiquei muito lisonjeada”, afirmou Adriana. No mestrado, ela foi pelo pesquisador José Roberto Rogero, também do CQMA.

No mesmo evento, três outros estudantes, igualmente orientados por Lugão, ganharam "Menção Honrosa”. Um deles é Giovani Morselli, aluno do Instituto de Química da USP. Foi a sua primeira participação em congresso com o trabalho "Green synthesis of silver nanoparticles mediated by acerola (Malpighia emarginata D.C.) extract". "O Giovani  é um aluno muito dedicado,  é gratificante  ser  coorientadora dele", disse Maria José Alves de Oliveira.

A outra é a doutoranda Justine Oliveira, com o trabalho "The influence of different alcohols on the development of scaffold based on PVA and gelatin for biomedical applications". "Menção honrosa foi um reconhecimento concedido aos alunos que tiraram 10 na apresentação de pôster do OBI. Obviamente, eu fiquei muito feliz e mais motivada ainda a continuar com minha linha de pesquisa e dar sempre o meu melhor, pois é sempre bom ser reconhecido, ainda mais quando se trabalha duro”, declarou.

Por fim, o doutorando Aryel Heitor Ferreira, ganhou Menção Honrosa com o trabalho "Protein based nanoparticles for cancer nuclear imaging". "Foi uma honra ter um trabalho científico, que é produto de uma obra coletiva, reconhecido em um evento desse porte com participação de grandes nomes da ciência nacional e internacional. O incentivo que recebemos a partir de um prêmio como esse é muito significativo e nos leva a seguir em frente com a certeza de estar fazendo um bom trabalho para o desenvolvimento da ciência brasileira”, disse.

O 5OBI foi organizado pelo IPEN, no âmbito do 14° Congresso da Sociedade Latino Americana de Biomateriais, Órgãos Artificiais e Engenharia de Tecidos – SLABO (que concedeu as premiações). Contou com participantes norte-americanos que são referências no campo dos biomateriais, tais como Allan Hoffman, Buddy Ratner, Carmen Peiffer e Kattesh Katti, entre outros, além de líderes na área de biomateriais do Brasil, da Argentina, Chile, Colômbia, Cuba, Turquia, Uruguai e Venezuela do mais alto nível.

"Procuramos dar um enfoque maior no papel da radiação ionizante em engenharia tecidual e banco de tecidos, bem como sua associação a curativos avançados e biomateriais em geral”, explicou Lugão. Segundo ele, buscou-se dar ênfase também à área de materiais para odontologia, que ganhou um espaço de destaque no evento.

"Dentro desse contexto de excelência tenho enorme orgulho que os alunos do IPEN, tenham recebido três menções honrosas por atingirem pontuação máxima dos seus avaliadores e ainda tivemos a premiação de melhor trabalho do evento”, acrescentou Lugão.

IPEN no evento

A delegação do IPEN foi a maior do evento, um total de 41 participantes inscritos e quatro palestrantes convidados. De acordo com Lugão, foi a primeira vez que o IPEN organizou uma sessão de empreendedorismo, que contou com a participação de Anderson Zanardi, gerente do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do Instituto, e de sua assessora, Leticia Henn Ferreira.

Além deles, participaram as pesquisadoras Isolda Costa, do Centro de Ciência e Tecnologia de Materiais (CCTM), e Monica B. Mathor, do Centro de Tecnologia das Radiações (CTR), com as palestras "Corrosion of metallic dental materials - causes and consequences” e "O papel dos bancos de tecidos no desenvolvimento da engenharia tecidual”, respectivamente.

"O IPEN apoiou o evento de todas as formas e devo mencionar o apoio dos serviços de transporte, fundamental para o bom andamento do programa. Agradeço a todos que participaram e nos apoiaram, pois a participação em eventos acadêmicos é uma forma de luta e também um grito de alerta contra o sucateamento das instituições de Pesquisa e Ensino”, concluiu Lugão.