Portal do Governo Federal Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Galeria de Imagens >

IPEN realizou workshop e feira sobre inovação tecnológica

Palestras, minicursos e feira de inovação tecnológica reuniram comunidade científica, empresários e representantes governamentais no IPEN

O  IPEN concentrou entre os dias 19 a 21 de junho diversas atividades com o objetivo de fortalecer a cultura de inovação e empreendedorismo. O Workshop sobre Inovação no IPEN contou com 126 inscritos que participaram de palestras, minicursos e feira tecnológica. Anderson Zanardi de Freitas, organizador do evento e gerente do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do IPEN, considerou que os objetivos foram alcançados, entre eles os de incentivar o empreendedorismo e divulgar diversos desenvolvimentos tecnológicos realizados pelo corpo de pesquisadores do instituto. Dentre as palestras apresentadas, destacaram-se as que abordaram temas sobre o planejamento da carreira e estratégias de crowdfunding(financiamento colaborativo). "Existem muitos desafios a serem vencidos, principalmente o convencimento dos alunos de pós-graduação sobre a importância do tema, visto que cada vez mais ficará difícil a absorção no universo acadêmico”, avalia Zanardi.

Wilson Calvo, superintendente do IPEN, abriu o evento citando a multidisciplinaridade das atividades do instituto, a qualidade de seus pesquisadores e a necessidade de transformar os desenvolvimentos tecnológicos em inovações que transformem de forma positiva a sociedade.

Outro tópico importante apresentado foi a proteção à propriedade intelectual voltada para o meio ambiente. O tema foi abordado em dois minicursos oferecidos por Daniela Lima Cerqueira Archila, da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e por Mauro Catharino Vieira da Luz, do Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI).

O último dia do evento foi reservado para a Feira de Inovação Tecnológica do IPEN que, dentre os 72 inscritos, contou com 30 empresários interessados nos desenvolvimentos realizados na área de Materiais, tema da edição deste ano.

Nilce Ortiz, pesquisadora do Centro de Química e Meio Ambiente (CQMA) do IPEN, considerou o evento positivo. Seu grupo de pesquisa já registrou duas patentes sobre o uso de magnetita na recuperação de áreas degradadas por efluentes contaminados. Houve interesse por parte de quatro microempresas no processo desenvolvido.

Para Ortiz, "o evento promoveu a divulgação de tecnologias desenvolvidas no IPEN e também o conhecimento das patentes registradas pelos colegas pesquisadores. Muito bom para o desenvolvimento de novas parcerias com pequenas empresas e grupos de trabalho do instituto”.

Outra avaliação positiva é de Carlos Alberto J. Soares, gerente do Centro de Biotecnologia (CB) do IPEN. "Eventos desse tipo precisam ser estimulados e mantidos. Apesar de o momento político e econômico prejudicar a consolidação de parcerias ou transferência de tecnologias, o interesse de participantes sinaliza que existe interesse por parte de empreendedores”. O CB apresentou uma tecnologia relacionada ao plasmídio (vetor do DNA) para a expressão de proteínas recombinantes sintetizadas por bactérias e tecnologias relacionadas à síntese e aplicação de polímeros biocompatíveis. Duas microempresas demonstraram interesse na tecnologia.

Marcelo Linardi, diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Ensino (DPDE) do IPEN resumiu o papel institucional no processo inovativo : "A realização da Feira é importante pois demonstra que nós, do IPEN, somos capazes de fazer e fazemos bem pesquisa que, levada para a sociedade, transforma-se em inovação.”

Galeria de Imagens