Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

PERGUNTAS E RESPOSTAS



Altered Biodistribution of Radiopharmaceuticals: Role of Radiochemical/Pharmaceutical Purity, Physiological, and Pharmacologic Factors


Como devolver as blindagens de GERADORES ao IPEN?
R: INSTRUÇÕES PARA DEVOLUÇÃO E TRANSPORTE DE GERADORES

Como descartar as embalagens utilizadas no envio de Radionuclídeos fornecidos pelo IPEN?
R: DESCARTE DE EMBALAGENS UTILIZADAS NO ENVIO DE RADIONUCLÍDEOS

Como manusear as embalagens de reagentes liofilizados?
R: Instruções para manuseio das embalagens de reagentes liofilizados.

Por que os baldes utilizados no transporte de produtos não são retornáveis?
R: Porque o IPEN, por enquanto, não dispõe de infra-estrutura para recolher as embalagens e os procedimentos para a sua reutilização demandariam tempo e custo.

Por que o CR não tem um programa de visita técnica, ou suporte pós venda para todo o Brasil?
R: Por falta de infra-estrutura e mão de obra disponível para isso. Somente os casos mais próximos de São Paulo podem ser atendidos.

Por que o FDG não é produzido em todos os dias da semana?
R: A meta de produzir FDG 5 dias por semana só será alcançada com a compra de um novo Ciclotron dedicado apenas à sua produção. Hoje o nosso Ciclotron produz 4 tipos de radioisótopos e necessita de 1 dia por semana para manutenção. Quando necessário, o CR já produz FDG 3 vezes por dia.

O que é radiofármaco?
R: Radiofármaco é um fármaco, produto biológico ou droga que contém um elemento radioativo. O radiofármaco é primariamente utilizado para obtenção de imagem como agente diagnóstico mas pode também ser usado no tratamento de enfermidades.

Que cuidados devem ser tomados na manipulação de radiofármacos?
R: Devem ser respeitados os requisitos de proteção radiológica para proteção do operador, paciente, do público em geral e do meio ambiente, e procedimentos de boas práticas de fabricação para garantir a qualidade radiofarmacêutica.

Se uma clínica ou hospital pretende adquirir e manipular radiofármacos, quais são as providências a serem tomadas?
R: Para uma clínica ou hospital manipular qualquer material radioativo, deve obter licença da Comissão Nacional de Energia Nacional (CNEN), atender a todos os requisitos regulamentares, dispor de infra-estrutura adequada e pessoal treinado.

O que são as Boas Práticas de Fabricação?
R: Boas Práticas de Fabricação é a parte da Garantia da Qualidade que assegura que os produtos são consistentemente produzidos e controlados, com padrões de qualidade apropriados para o uso pretendido. RDC 17 de 2010 da ANVISA (BPF de medicamentos) e RDC 63 de 2009 da ANVISA (BPF de radiofármacos).


Quais são os radiosótopos mais utilizados para terapia?
R: Iodo131, Samário153. (Rênio 186 e 188, Estrôncio 89, Estanho 117m, Ítrio 90, Hólmio 166, Dysprosio 165)

O que são radiofármacos de PET? Quais são as vantagens deles com relação aos demais?
R: São radiofármacos preparados com radioisótopos emissores de positrons. As imagens obtidas têm uma resolução melhor quando comparadas com as obtidas por SPET devido ao modo de detecção dos fótons de 511 keV no modo de coincidência

O uso de radiofármacos torna os pacientes radioativos?
R: De certa maneira pode-se dizer que sim, porque haverá a incorporação do material radioativo no corpo humano que será eliminado por diferentes vias e a quantidade de material radioativo diminuirá também pelo decaimento físico do radioisótopo

O que é um radioisótopo e como ele é produzido?
R: Radioisótopo é um elemento que tem uma configuração no seu núcleo que o torna instável e que tende à estabilização pela emissão de radiação. É produzido em reações nucleares que ocorrem em reatores nucleares e aceleradores tipo Ciclotron

O que são radioisótopos de ciclotron?
R: É um radioisótopo produzido em ciclotron

O que é um radiofármaco livre de carregador?
R: É um radiofármaco que tem em sua composição um radioisótopo livre de carregador, isto é, aquele cujo método de produção não utiliza o mesmo elemento não radioativo. Por exemplo, o Sm-153 não é livre de carregador, porque é produzido pela irradiação de átomos de Sm. Já o I-131 é livre de carregador, porque é produzido numa reação entre nêutrons e átomos de Te.

O que são reagentes liofilizados?
R: São formulações que passam por uma liofilização, perdem toda a umidade, tornando-se um sólido. Ao se adicionar solução contendo Tc-99m ao liofilizado, ocorrerá a reação química entre o Tc-99m e os reagentes contidos na formulação liofilizada.

O que são moléculas marcadas?
R: São moléculas onde são incorporados radioisótopos por meio de reações químicas.

O que é PET e SPECT?
R: Ambas são técnicas de diagnóstico por imagem, que diferem no tipo de radioisótopo utilizado. PET é a Tomografia por emissão de positrons, que utiliza emissores de positrons como o F-18 e SPET é a Tomografia por emissão de fóton único, que utiliza emissores gama, como o Tc-99m.

O que é um gerador de tecnécio?
R. É um sistema onde o Tc-99m está em equilíbrio com seu pai radioativo, o Mo-99 (66h), e por um processo químico de eluição é possível separar o Tc-99m.