Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Notícias > Clipping de Notícias

Amazul sedia primeira reunião técnica do RMB

Fonte: Site Amazul

A Amazul sediou nos dias 29 e 30 de janeiro a primeira reunião técnica com a empresa argentina Invap e a Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) para alinhar procedimentos e apresentar as equipes que trabalharão no projeto detalhado do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB) pelos próximos dois anos.

A partir desse projeto, o RMB será construído em terreno localizado ao lado do Centro Industrial Nuclear de Aramar, em Iperó. O RMB produzirá radioisótopos usados na fabricação de radiofármacos para diagnóstico e tratamento de doenças como o câncer, além de permitir pesquisas de materiais e combustíveis nucleares.

A Amazul será responsável pelos projetos de engenharia civil, elétrica, comunicação, arquitetura, sistema de HVAC convencional (aquecimento, ventilação e ar condicionado), utilidades (serviços), sistema de combate a incêndio, piscina de estocagem de combustível gasto, manuseio de itens e itens para movimentação de cargas. Também será responsável pelo acompanhamento, fiscalização e integração do projeto da Invap. A equipe da Amazul é formada por mais de 45 profissionais de diversas especialidades, sob a coordenação técnica da engenheira Maria Cristina Ibelli e a gerência técnica da engenheira Maria Lúcia Martins Tavares Lim.

"Este encontro dá efetivamente início ao projeto executivo do RMB. É também uma oportunidade para as equipes se conhecerem e se integrarem para o melhor desenvolvimento dos trabalhos", observou Maria Cristina.

Nilo de Almeida é o coordenador de gestão do emprendimento pela Amazul. José Augusto Perrotta é o coordenador técnico do empreendimento pela Cnen e lidera a equipe de especialistas da comissão.

A Invap, empresa com mais de 30 anos de experiência em reatores de pesquisa, desenvolverá trabalhos referentes à engenharia nuclear, instrumentação, eletrônica, termohidráulica e proteção radiológica, entre outras. A equipe argentina é formada por profissionais experientes, sob coordenação técnica do engenheiro Marcelo Barrera.

A agenda de trabalho prevê videoconferências semanais com os técnicos argentinos e encontros presenciais para acompanhamento do projeto do RMB. Nesse primeiro encontro presencial, foram discutidos detalhes técnicos da implementação do projeto, documentação, licenciamento e layout, entre outros temas.

Eventos