Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Notícias > Em Foco

Convênio de Dupla Titulação traz professores da Universidade de Houston para wokshop no IPEN

Primeira atividade visando promover a interação de estudantes e pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Nuclear IPEN/USP com os parceiros norte-americanos foi nesta quarta-feira, 4.

Professores da Cullen College of Engineering, da Universidade de Houston (Estados Unidos), estiveram no IPEN na manhã desta quarta-feira, 4, para o Workshop do Convênio Acadêmico Internacional de Dupla Titulação de Mestrado e Doutorado. É a primeira atividade com vistas a promover a interação de estudantes e pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Nuclear IPEN/USP com os parceiros norte-americanos.

Com foco principalmente nas áreas de materiais, nanomateriais, nanotecnologia, energia e fontes renováveis, química e meio ambiente, dentre outras, o Convênio com a Universidade de Houston é mais uma ação do IPEN para alavancar o seu Programa de Internacionalização. O Instituto vem trabalhando para ampliar os horizontes da sua Pós-Graduação em Tecnologia Nuclear, considerada de excelência segundo a última avaliação da Capes (nota 6).

Os professores Debora Frigi Rodrigues, Thomas Randall Lee, Devin Linn Shaffer, Stanko Brankovic, Stacey Marie Louie, Li Sun e Oomman Kulathinthekkethil Varghese foram recebidos pelo superintendente do IPEN, Wilson Calvo, que lhes deu as boas-vindas e fez uma breve apresentação do Instituto no Espaço Cultural Professor Marcello Damy. Em seguida, o grupo se dirigiu ao Centro de Ensino para dar continuidade ao Workshop.

"Agradeço a presença de vocês aqui e espero que aproveitem essa oportunidade ímpar de interagir e estabelecer parceria com os professores de Houston aqui presentes, que vêm de áreas em consonância com as nossas aqui do IPEN. É um momento muito importante para nós, e o recado que eu gostaria de deixar é: aproveitem”, afirmou Calvo, dirigindo-se, principalmente, aos alunos do Instituto.

Em seguida, Debora Frigi Rodrigues apresentou o tema "A pós-graduação na Universidade de Houston”. Antes, falou um pouco sobre a cidade de Houston, a quarta maior dos Estados Unidos, caracterizada – segundo pontuou – pela diversidade e por acolher muitos alunos de origem hispânica/latina. "É uma cidade muito colorida pela diversidade”, disse. Sobre a Universidade de Houston, Frigi comentou que a instituição possui 46 mil alunos de 140 países. Ela também orientou sobre os procedimentos da UH no âmbito do convênio de dupla titulação.

O primeiro passo é o aluno do IPEN identificar, na Faculdade de Engenharia, o professor/pesquisador com o qual gostaria de trabalhar em colaboração. A partir daí, será desenvolvido um plano de trabalho que envolva dois orientadores, um do IPEN e outro da UH, para a futura obtenção da dupla titulação. Frigi falou um pouco sobre as regras para a aplicação das propostas, documentos necessários e demais formalidades.

O período de 10h às 12h foi destinado a reuniões entre pesquisadores interessados do IPEN e os professores visitantes da UH e eventuais visitas aos laboratórios do IPEN, de acordo com as áreas de atuação. Debora Frigi trabalha com biologia, engenharia ambiental, microbiologia, genética molecular e tratamento de efluentes. Stanko Brankovic pesquisa síntese eletroquímica de revestimentos funcionais para aplicações em instrumentos magnéticos e proteção contra a corrosão, fabricação de nanoestruturas para aplicações em sensores, como, por exemplo, ultrassom, campo magnético.

Li Sun atua na área de engenharia dos materiais e nanomateriais para aplicações em energia, sensores e biossensores, nanopartículas magnéticas para aplicações em bio-imagens. Francisco Robles também é da engenharia dos materiais, mas voltada para cerâmica, aço, polímeros, compósitos reforçados com carbonos nanoestruturados, materiais para fontes renováveis e baterias, desenvolvimento de ligas e aços para aplicações automotivas e indústria ferroviária.

Randall Lee é da química e pesquisa nanopartículas para aplicações ópticas e eletrônicas, nanocápsulas de hidrogel.

Único físico do grupo, Oomman Varghese pesquisa nanomateriais para aplicações como semicondutores, geração de hidrogênio da água, reciclagem de CO2 usando a luz solar para produzir combustíveis de hidrocarbonetos, células solares híbridas e alta eficiência inorgânica, sensores químicos para aplicações clínicas. Devin L. Shaffer, da área de química e meio ambiente, estuda membranas para purificação de água.

Após as conversas entre alunos e pesquisadores, os professores da UH visitaram o Reator IEA-R1, no Centro do Reator de Pesquisas (CERPQ). Varghese foi a dois laboratórios do Centro de Lasers e Aplicações (CELAP), o de Aplicações Ambientais a Laser, coordenado por Eduardo Landulfo, e o Laboratório de Desenvolvimento de Lasers, coordenado por Niklaus Ursus Wetter, que também é gerente do Programa de Internacionalização do IPEN. "Foi uma visita rápida, ele atua na área de nanomateriais e queria conhecer um pouco mais sobre o nosso trabalho aqui”, comentou Landulfo.

"Esse primeiro workshop foi para a familiarização entre os professores que buscam cooperação. Hoje eles já sairão daqui com a alguma ideia do que fazer, em termos de colaboração”, disse Solange Sakata, pesquisadora do Centro de Tecnologia das Radiações (CETER). O Convênio foi assinado em junho de 2019, por Vahan Agpian, reitor da Universidade de São Paulo (USP), Wilson Calvo, superintendente do Instituto, e seguiu para posterior assinatura do presidente da Universidade de Houston, Renu Khator.

Eventos