Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Notícias > Em Foco

VII Workshop de Inovação debate avanços e experiências de sucesso na área de nanotecnologia

Embora, nesta edição, o evento tenha focado mais na integração de pesquisadores do IPEN que atuam na área, convidados externos trouxeram cases que mostram importantes avanços em nível nacional e internacional

O IPEN, por meio do seu Núcleo de Inovação e Tecnológica (SENIT), realizou, no dia 1 de novembro, o VII Workshop de Inovação. O objetivo é promover cada vez mais a cultura de inovação, aproximar o público a profissionais seniores na gestão e consolidar o universo P&D – Inovação – Empreendedorismo no Instituto.

Os participantes tiveram a oportunidade de trocar ideias e experiências sobre os desafios desse universo e também por meio de cases de sucesso no Brasil e no mundo. O foco, nesta sétima edição, foi nanotecnologia. O público teve a oportunidade de conhecer o portfólio IPEN de tecnologias protegidas nessa área e o que há de mais novo sendo desenvolvido em nanotecnologia.

"Estamos falando com as pessoas certas, no lugar certo e para as pessoas certas”, avaliou o diretor-presidente do Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec), Cláudio Rodrigues. Para a coordenadora de Pesquisa, Desenvolvimento e Ensino do IPEN, Isolda Costa, o evento também é importante no âmbito da pós-graduação. "Possibilita orientar pesquisadores e alunos em nanotech”, disse.

Koiti Araki, do Instituto de Química (IQ/USP) e coordenador do Laboratório SisNANO, abriu o Workshop com o tema "Iniciativa Brasileira de Nanotecnologia (IBN): Programas e Desafios”, às 9h15. Em seguida, Amedea Barozzi Seabra, da Universidade Federal do ABC (UFABC), falou sobre "Desafios e perspectivas na inovação tecnológica na Universidade”: Ênfase em nanotecnologia.

Em seguida, os participantes conheceram estudos do uso de nanopartículas de prata em cosméticos, com talks das empresas Aromatici e Biotivos Group, apresentadas por com Fábio Eduardo Zanini e com Leonardo Zambotti Villela, respectivamente. A primeira iniciou suas atividades em 2013, apartir de pesquisas científicas no IQ/ USP, lideradas por Villela e Luiz Fernando Mendes.

Extratos, óleos essenciais, oleorresinas e ingredientes especiais são os produtos oferecidos pela Biotivos Group. Na parte de serviços, a empresa faz pesquisa e desenvolvimento, testes de viabilidade, licenciamento de tecnologias e contrato de produção terceirizada. "A Bionativos surge a partir da ideia de constituir uma empresa inovadora no Brasil”, afirmou Vilela.

A Aromatici nasceu em 2018, a partir de "um sonho” dos seus fundadores em criar uma empresa de dermo cosméticos naturais, que pudesse oferecer os benefícios e o poder da fitoterapia. "Até então, não existia, no Brasil, desse tipo de produto”, comentou Zanini.

Com o slogan "Cuidando da sua pele com tudo que a Natureza tem de melhor”, a Aromatici produz sabonte líquido e em barra, e creme hidratante, além de óleos de oliva, mamona, côco e linhaça, manteiga de karitê, cera de abelha e extrato de calêndula. Zanini destacou o Cietec, afirmando que empresa tem "grande orgulho de fazer parte desta iniciativa que visa fomentar a pesquisa e o desenvolvimento em favor da sociedade”.

Após os talks, os convidados participaram de um debate com o público, mediado pela física Adriana Miranda, seguido de mais três apresentações: Agência USP de Iinovação (AUSPIn), com Josmar Andrade, NIT-IPEN, com Cassiane da Rocha, e Vaz e Dias Advogados & Associados – Escritório de patentes IPEN, com José Carlos e Dias.

À tarde, a partir das 13h30, o Workshop recomeçou com Newton Frateschi, da INOVA/Unicamp, apresentando o tema "A criação de um ecossistema empreendedor em torno da Universidade - A Experiência da Inova Unicamp”. Em seguida, José Augusto Pereira Brito, da MackGraphe, falou sobre "Nanotecnologias: Do conhecimento científico às inovações em diferentes segmentos industriais”.

Às 14h30, por meio de videoconferência, Elkin Echeverry, diretor de Planejamento e Prospecção da Corporação "Ruta N”, e líder no setor de C,T&I de Medellín (Colômbia), mostrou "Como a aposta em inovação está mudando Medellín”. Depois dele, às 15h, a última sessão de talks, com as empresas Laraia e Auto ScienceAutoScience Technologies Projetos e Consultoria LTDA, com participação de Lilian Laraia, CEO da primeira, e Matheus Suenson Cardoso e Dunieskys Roberto Gonzalez Larrude, sócios da segunda, respectivamente.

Fundada em 2015, a Laraia é uma consultora de inovação tecnológica que analisa e pesquisa os níveis de interesse em potenciais produtos, mercados etc., atuando junto a uma empresa no planejando de seu futuro. A AutoScience Tecnologies atua no ramo da nanotecnologia, com desenvolvimento de sistemas e equipamentos inovadores para processos laboratoriais, além do trabalho de engenharia em nanomateriais como grafeno, visando desenvolver tecnologias do laboratório para indústria.

Às 16h15, foi a vez do "Módulo IPEN”, iniciando com um panorama das pesquisas em nanotecnologia realizadas no Instituto, apresentado por Niklaus Wetter , gerente de Internacionalização. Os pesquisadores Maria Elisa Rostelato, Daniel Perez Vieira Ademar Benévolo Lugão e Maria Claudia França da Cunha Felinto participaram de rodada de conversa sobre suas pesquisas na área. O Workshop, que também contou com a presença do diretor do IPEN, Wilson Calvo, encerrou-se às 17h30.

Galeria de Imagens