Menu Principal
Portal do Governo Brasileiro
Logotipo do IPEN - Retornar à página principal

Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares

Ciência e Tecnologia a serviço da vida

Portal > Institucional > Notícias > Em Foco

Lançado em 2000, Órbita chega à 100ª edição

"Dê-me uma alavanca e um ponto de apoio, e moverei o mundo". A frase, atribuída a Arquimedes, foi capa da edição 77 (Jan/Fev-2015), quando do lançamento do novo Portal IPEN, mas se aplica também ao informativo Órbita IPEN, que, com este número, chega à sua 100ª edição, fazendo história na comunicação do Instituto. Uma (re)leitura possível para o axioma arquimediano é: com as ferramentas adequadas e vontade de realizar, o conhecimento pode ser levado a todos, em qualquer lugar.

Foi com esse espírito que o Órbita IPEN foi concebido, a partir de uma demanda do então superintendente Cláudio Rodrigues. De acordo com a jornalista responsável à época, Lilian Bueno, os recursos materiais eram limitados, mas não foram impedimento. "Consegui o software que precisava com um colega da CNEN-sede/RJ, o Antônio Cordeiro, e me aventurei nos rabiscos de um layout. Durante o processo, fomos pensando em diversas possibilidades de nome. Um dia, conversando com meu marido na época, o jornalista Rodrigo Bueno, ele sugeriu o nome Órbita, ao qual juntei o do IPEN".

Segundo Lilian, Órbita IPEN "parecia algo que mostrava a força da ciência, a coesão necessária à atividade de pesquisa, somando os valores e talentos dos pesquisadores do IPEN e de todo o pessoal técnico e administrativo que faz com que o Instituto seja esse lugar de tanta dedicação, que alcança resultados de excelência". Na ocasião, a equipe era liderada pelo atual chefe, Edvaldo Paiva. Todos aprovaram o nome, e só então Lílian partiu para o projeto gráfico que seria apresentado à direção da casa. 

A produção como um todo, contratação de fotografia, gráfica para impressão foi um trabalho de equipe da comunicação do IPEN, "um time talentoso", do qual Lilian se diz orgulhosa de ter feito parte. "Acabamos nos multiplicando, vencendo dificuldades e trazendo muitos resultados positivos por conta do comprometimento e competência profissional". 

Por motivos pessoais, Lilian retornou ao Rio de Janeiro e hoje chefia a comunicação no Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD). A última edição sob sua responsabilidade foi a de número 73, (nov/dez 2012). O informativo, que é bimestral, só viria a ser retomado 18 meses depois, em 2014, na gestão de Afonso Aquino e editado pela jornalista Ana Paula Freire, integrada ao IPEN em março daquele ano. 

"Em 2014, foi decidido internamente que, sem perder o tom coloquial, o Órbita incorporaria dois pressupostos: 1- pensar globalmente, agir localmente, de tal forma que as matérias tivessem um calcance global; 2- adaptar-se à nova linguagem visual, com uso de imagens sangradas, olhos e caixas de textos, cores variadas, que se tornaram comuns na nova fase", explica Aquino. 

"Silenciosamente", ao longo dos 25 últimos exemplares, foi feita uma mudança que, segundo ele, "pode ser considerada radical, mas que, pelo timing e qualidade, foi bem assimilada por todos". 

O atual chefe da ACI, Edvaldo Paiva, destaca o papel do Órbita IPEN como ‘fonte histórica’ do Instituto. "Eu mesmo sempre recorro às edições antigas para consulta. Penso que temos no Órbita um importante registro para os servidores, inclusive os que virão no futuro, para que possam conhecer mais o IPEN e as pessoas que fazem parte da história." 

-----

Assessoria de Comunicação Institucional

Eventos